top of page

O risoto...

Todo aventureiro na cozinha que se preze tem que fazer risoto... Eu aprendi a fazer risoto com o Chef Marcelo Saraiva (um chef conhecido aqui de Campinas/SP) há alguns (não sei se 5-6 anos atrás). Sim, sempre gostei de cozinhar e convidada por um corretor de seguros aqui de Campinas (o saudoso João- in memoriam) fiz um curso rápido de caldos e risotos. A aula era na casa (uma super cozinha) do Marcelo e fazíamos os pratos e depois degustávamos com vinho na cia dos amigos. Na época estávamos em 5 (eu acho... porque minha memória é péééssima) então aprendíamos na prática e foi muuuuuito legal. Lá aprendi o tal "mirepoix", que é a base para caldos e, portanto, do tal risoto... rsss...

Para quem não sabia (assim como eu), mirepoix é uma combinação de cenoura, salsão e cebola e bouquet garni (ervas amarradas). Coloca esses troços na água e serão a base do caldo de legumes. (Depois eu passei a usar algumas asinhas de frango... rsss.... simmmm, eu sei que são caldos de legumes, e não de galinha, mas algumas asinhas de frango não fazem mal a ninguém...) #ficaadica

Bom, tendo o tal caldo, você prepara o risoto (do que quiser...). O céu é o limite!


Karina também é cultura então.... "acredita-se que a receita foi criada pelo cozinheiro do Duque Lévis-Mirepoix, no século XVIII. A primeira receita que utiliza o termo Mirepoix foi publicada em 1814, no livro L´Art du Cuisinier, do autor Antoine Beauvilliers". (Fonte: cozinha técnica)



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Post: Blog2_Post
bottom of page