top of page

Ostras gratinadas ao molho de queijos

Eu e marido amamos ostras e para nossa alegria (cada dia mais) temos ostras fresquinhas disponíveis aqui no Interior de SP. As ostras são criadas em SC e chegam fresquinhas aqui! Sempre que encontramos ostras nos menus dos restaurantes, pedimos!

Alguns restaurantes de Campinas/SP, como o Osti vendem as ostras frescas no restaurante e também para retirada. Basta agendar. Já compramos algumas vezes. Jangada, Kanu e Quintal Mediterrâneo também têm sempre ostras frescas no menu.

Esta semana quis testar um novo fornecedor (www.clubedaostradelivery.com.br) e deu muuuuito certo! Pedimos 1kg de vôngole e 2 dúzias de ostras, sendo 1 dúzia das Japonesas e 1 dúzia das Nativas, além de acessórios como luvas e garfinhos. Chegaram na quinta-feira (semana santa). Comemos 1/2 dúzia de cada, frescas, apenas com limão ou shoyo na quinta mesmo. Na sexta-feira santa fiz a receita de spaghetti alle vôngole (disponível aqui no blog). Como havia "sobrado" 1/2 dúzia das ostras Nativas, resolvi fazer ostras gratinadas. Quem me conhece sabe que sou mais ativa à noite, então, sexta à noite iniciei a produção das ostras gratinadas. São alguns processos, mas o resultado foi tão surpreendente que vale a pena. Certamente é aquela receita para impressionar!



Para 6 ostras gratinadas (entradinha suficiente para 2 pessoas) usei: - 6 ostras Nativas frescas

e para o molho de queijos: - 35 g de manteiga (manteeeeiga, não vale margarina)

- 35 g de farinha de trigo

- 70 g de gorgonzola picado (o meu estava já na geladeira há alguns dias e o sabor estava bastante intenso)

- 70 g de queijo montanhês ralado fino (pode ser muçarela, mas eu não tinha, então usei o Montanhês

- 35 g de queijo cremoso (usei requeijão Catupiry)

- 450 mL de leite integral

- noz moscada

- sal (usei o Maldon defumado) - por pura frescura. Pode usar sal comum

- pimenta branca moída

Para gratinar: - parmesão ralado na hora bem fininho

- farinha panko


Comecei pelo molho de queijos:

Em uma panela coloquei a manteiga. Assim que derretida, adicionei a farinha. Para um bom molho, a proporção farinha-manteiga deve ser a mesma! Mexi bastante, deixei cozinhar em fogo mínimo. Isso se chama "roux". E eu queria molho braaaanco, então, não pode deixar escurecer, mas deixei cozinhando bastante no fogo bem baixo para tirar o gosto de farinha. Adicionei então o leite e mexi vigorosamente com o fouet. Deixei cozinhar bastante mexendo sempre. Este passo de cozinhar bem é imprescindível para que o molho não fique com gosto de farinha. O molho tem que ser liso e sem grumos, por isso é importante dissolver bem com o fouet e mexer continuamente para não empelotar. Adicionei noz moscada ralada na hora.Adicionei então o gorgonzola picado e o mantanhês. Após a completa dissolução, adicionei o queijo cremoso. Mexi bem, provei e adiconei sal. Como os queijos são salgados, a correção, se necessária, é mínima. Neste caso usei o Maldon defumado para dar um sabor a mais. Desliguei o fogo, transferi para uma vasilha e cobri o molho com plástico filme em contato com o molho, para não formar película.

Em uma panela de fundo grosso adicionei as ostras e um dedo de água. Não é para cobrir as ostras. A ideia aqui é meio que "cozinhar no vapor", então é só um dedinho de água. Liguei o fogo e quando a água ferveu, tampei a panela, baixei o fogo e marquei 5min. Fui olhando. A maioria abriu em 2-3minutos. Assim fui retirando estas que abriram. As 2 que tinham ficado, abriram perto dos 4min. Terminei de abrir as ostras com a faca apropriada, mas aqui tá fácil, então até com uma colher você termina de abrir, Soltei-as da concha, escorri a água interna e reservei, voltando a ostra para cada uma das conchas. Aqui eu tive que fazer uma "cama" com papel alumínio para que elas ficassem "equilibradas" e ao adicionar o molho, ele não escorresse.



Quando o molho de queijos esfriou, com uma colher colquei o molho na concha até cobrir a ostra e adicionei o queijo parmesão ralado e a panko para dar aquela casquinha crocante. Cobri com filme plástico e levei ao freezer para firmar bem. Você pode conservá-las em freezer por até 6 meses! Mas eu duvido que você consiga esperar.

Para assar, preaqueça o forno a 180ºC e adicione as ostras ainda congeladas (sem o filme). Quando começar a borbulhar, ligue a função gril (caso seu forno possua) e deixe gratinar.


Delicie-se!












30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page