top of page

Espaguete à putanesca

É um p*** prato delicioso!

Spaghetti alla puttanesca é um prato bem conhecido da culinária italiana de sabor intenso, composto de um molho de anchovas, azeitonas, tomate, alho, alcaparras, salsa e azeite.

Sobre o nome, sua origem é incerta, então vou compartilhar algumas que conheço (que provavelmente não são as únicas):

-segundo alguns romanos, uma prostituta que possuía um local de venda de comidas, além do bordel, pode ter inventado essa iguaria e os clientes gostaram, então ficou como se fosse o espaguete a "moda das putas"

- outra história também ligada a prostíbulos é que por ser um prato aromático e rápido atraía clientes para os prostíbulos com seu aroma e poderia ser preparado entre um cliente e outro.

- uma esposa que traía seu marido todas as tardes chegava tarde para preparar o jantar e criou este prato rápido, que parece ser trabalhoso (mas não o é).

- o nome veio de seu intenso perfume, que inebriava os homens, assim como as damas da noite na Itália boêmia

- e mais uma história (prometo que é a última) é que não havia ingredientes para o preparo de um determinado prato então com fome, utilizaram a expressão "fai qualquer puttana" que quer dizer "faz qualquer coisa" e então o prato foi criado pelo cozinheiro com os ingredientes que estavam disponíveis.

Enfim, seja qual for a origem do nome, é um p*** prato!

Aqui vai a receita que rende 2 porções:

80g de aliche (filé de anchova em conserva)

200g de massa de espaguete grano duro

400g de tomate pelado (pode ser aqueles de lata mesmo)*

4 dentes de alho

50g de alcaparra

50g de azeitonas pretas

1 pimenta dedo-de-moça (ou pimenta calabresa seca)

1 échalote (eu usei na minha, mas não é item obrigatório)

manjericão

salsa (ou orégano fresco)

queijo parmesão


*Sobre o tomate você pode usar aquelas latas de tomate pelado (não é extrato de tomate e nem molho de tomate pronto) e são apenas tomates sem pele em lata - e nada mais. Eu sugiro o tomate pelado em lata por ser mais prático mas jamais use extrato ou molho pronto. Jamais! Caso não tenha tomates em lata você pode simplesmente usar uns 4 ou 5 tomates italianos bem maduros e retirar as peles.


Coloque uma panela com bastante água para ferver. Enquanto isso, desfolhe o manjericão e reserve duas folhas para decorar, se preferir. Lave as alcaparras colocando-as em uma peneira para tirar o excesso de sal. Faça o mesmo com as azeitonas. Descaroce. Para as azeitonas, quebre-as com as mãos mesmo, pois a ideia é que fique bem rústico. Corte o alho em pedaços grosseiros. Pique a pimenta dedo-de-moça em pedaços bem pequenos. Reserve.

Assim que ferver a água, adicione sal (preferencialmente sal grosso). Lembre-se que a água para cozinhar o macarrão deve ser tão salgada quanto o mar. Adicione o macarrão e deixe cozinhar por aprox 8 minutos, mexendo às vezes. Minha dica é que reduza 2 minutos do tempo indicado na embalagem, pois irá finalizar na frigideira.

Enquanto o macarrão cozinha você faz o molho: em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça um fio de azeite e refogue o alho com a dedo-de moça (coloque apenas metade da pimenta para não errar) por cerca de 30 segundos ou até dourar (se você optou por colocar a échalote, entra aqui também, picadinha). Adicione o tomate sem pele, a anchova, o manjericão, as alcaparras e as azeitonas. Misture e deixe ferver por cerca de 2 minutos. Com as costas da colher vá desfazendo os pedaços maiores do tomate. Prove e coloque o restante da pimenta, se necessário. (Como o aliche, as alcaparras e as azeitonas já possuem sal, não é necessário adicionar mais sal.) Salpique a salsa (ou o orégano fresco) e sirva!


Dica> Com o auxílio de um garfo, enrole o espaguete à Putanesca, apoiando-o sobre uma colher grande. Passe para o prato e decore com uma folha de manjericão. Sirva o queijo parmesão à parte.



114 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page