top of page

A massa fresca... (receita de fettuccine com almôndegas recheadas)

Atualizado: 20 de fev. de 2022

A massa, (do latim pasta, derivado do grego pàste = farinha misturada com água), pode ser fresca ou seca. eu simplesmente AMO a fresca e é suuuper fácil, rápida e incrivelmente deliciosa!


Curiosa por saber a origem? Por muito tempo discutiu-se a origem das massas em geral; quais dos povos a teria inventado: chineses, árabes, italianos? Uma das origens admitidas seria a árabe, na forma de spaghetti seco,, que entrou na Europa a partir do séc. IX, na Sicília. Outra teoria atribui a Marco Polo, séc. XIII, a introdução na Europa, através da China. Hoje já se sabe que, na Itália, já existiam registros de spaghettis e maccheronis anteriores a essa data. Na China existem registros desde 25 a 220 DC. Os árabes teriam sido o veículo de introdução na Europa. Há 7 mil anos quando o homem começa a abandonar a vida nômade e se torna aos poucos agricultor, se cruza com o trigo e outros grãos, dando-se aí os primeiros passos para a origem da PASTA.


Há receitas que necessitam de massa seca, como a Carbonara, por exemplo, mas aquelas receitas com massa fresca... ah... como amo! Todo mundo sabe que cozinha é muito ligada à memórias e eu tenho muuuitas memórias boas de massa fresca. Minha avó materna nunca foi "do fogão", mas uma das únicas coisas que ela fazia era massa fresca e ficavam penduradas na grade da varanda interna (hahaha...) para secar e ela sempre servia com molho e frango! Ela ainda é viva, mas claro que não faz mais massa fresca...

Hoje, 1º dia útil do ano, comecei a trabalhar beeem cedo mas parei às 17h porque queria muuuito fazer massa e almôndegas, já que tinha descongelado carne moída.

Comecei preparando a massa. No bowl da batedeira coloquei:

- 120 g de farinha de trigo (própria para massa fresca)

- 80 g de semolina de grano duro (eu usei uma italiana)

- 2 ovos inteiros

- um fio de azeite (eu usei o saborizado com manjericão

- uma pitada de sal.

Com o gancho, bati a massa pos uns 5-6min até ficar bem lisa. Envolvi em filme plástico e deixei descansando enquanto preparava as almôndegas.

Para as almôndegas eu usei:

- 400 g de patinho moído

- 4 fatias de pão de forma

- 20 mLde leite

- 50 g de parmesão ralado

- 1 ovo

- 400 g de tomate pelado (uma lata)

- 1 un de cebola échalote picadinha

- 5 g de manjericão fresco (eu usei o roxo)

- sal

- pimenta moída

- salsinha picada

- azeite

- uma pitada de açúcar

-1 un de queijo brie (120 g a 150 g)

Corte o pão em cubos e transfira para um bowl, depois cubra-os com o leite e deixe de molho por 5 minutos. Corte o queijo brie em 12 pedaços. Com as mãos ou em uma peneira, aperte os cubos de pão para escorrer o excesso de leite, descarte o leite que sobrou e coloque o pão amassado no bowl (sem nenhum líquido) grande, junto com a carne moída, 30 g do parmesão, o ovo, tempere com sal, pimenta e salsinha picada. Misture bem com as mãos, divida a massa em 12 porções iguais (50 g cada). Faça um buraco na almôndega e coloque o cubo de brie, depois feche bem cada bolinha e disponha em uma forma. Leve a forma ao freezer para firmar bem.


Enquanto isso, sua massa já deve ter descansado e você já pode abrí-la. Eu uso os acessórios da batedeira, que são super práticos e muuuuito rápidos, mas você pode abrir com uma máquina manual ou ainda abrir à mão com rolo (era assim que minha avó fazia). Como referência, abri até a espessura 4 (vai até 8), porque eu AMO massa al dente e gosto muito de sentir a massa, sua textura... então não abro muito. Passei pelo cortador de fettuccine e pendurei no varal. (você pode cortar com a faca). Deixe secando um pouco até preparar o molho.




Preaqueça o forno a 180ºC. Coloque uma panela com 5-6 litros de água em fogo forte.

Enquanto isso, aqueça uma frigideira grande, adicione um fio generoso de azeite, retire as almôndegas do freezer e doure-as 4 por vez na frigideira (elas não estarão congeladas e não é isso que queremos, é apenas para firmá-las um pouco) virando e dourando todos os lados (elas ainda irão ao forno então é só para dourar a superfície para "selá-las".. )Coloque-as em uma forma que possa ir ao forno. Neste tempo, o forno já deve ter aquecido, então so colocar e marcar 7 minutos.

Na mesma frigideira que selou as almôndegas doure a cebola até ela ficar transparente. Acrescente os tomates pelados e esmague-os com um garfo, tempere com sal, pimenta moída e o açúcar (para atenuar a acidez), Reduza o fogo e deixe cozinhar (até que a outra panela com água ferva) Adicione água ou fundo de carne se precisar.

Quando a água da panela ferver coloque sal e espere ferver de novo, então coloque a massa e marque 1 minuto, sim, é massa fresca e é apenas um minuto mesmo. Passado o 1 minuto com um pegador transfira a massa para a frigideira com o molho, adicione o manjericão e desligue o fogo. Mexa até incorporar bem. Se precisar de mais água, adicione 1 concha da água do molho.

Sirva o fettuccine com as almôndegas e salpique queijo ralado por cima!





80 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page